top of page
  • Foto do escritorPaulo Markun

Idosos tem novo portal e canal web

Atualizado: 18 de jun. de 2023

A Rede Amigo do Idoso de São Paulo será lançada no próximo dia primeiro, Dia do Idosos, no evento Longevidade Expo+ Fórum, no Center Norte, mas seu portal digital já está no ar. A iniciativa, da Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino,Tecnologia e Cultura (FAPETEC) pretende promover o diálogo sobre o envelhecimento acelerado que enfrentamos, aproximando entre o governo, conselhos municipais, sociedade civil e a iniciativa privada da população. Além do portal, vai realizar ações de capacitação dos conselhos municipais de idosos em 132 cidades paulistas com população acima de 50 mil habitantes.

Serão 30 palestras em duas rodadas de 15 eventos, previstos para acontecerem em novembro de 2019 e maio de 2020, em 15 cidades-polo de São Paulo: Araçatuba, Araraquara, Barretos, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Franca, Sorocaba, Marília, Presidente Prudente, Bauru, Campinas, São José dos Campos, Santos, Registro e São Paulo/Capital. O idealizador do projeto é o jornalista e agora influenciador 50+, Ricardo Mucci, que pretende oferecer informação e conhecimento para quem vive fora dos centros urbanos. Mucci lança ainda um canal de vídeo web exclusivamente dedicado ao público sênior, o VIVERAGORA.TV. Terá debates presenciais e uma série de TV.

O projeto utiliza recursos do Fundo do Idoso, que existe de janeiro de 2011. A partir de 2020, os contribuintes poderão doar recursos financeiros ao Fundo do Idoso via renúncia fiscal, escolhendo o fundo que preferir. Para ser recebedor de doações, o Conselho do Idoso deve estar cadastrado e com dados do fundo atualizados. Mecanismo ainda pouco conhecido, o mecanismo do Fundo do Idoso também está sendo utilizado pelo Edital Itaú. Até sete de outubro, projetos aprovados e autorizados para captação via Fundo poderão ser inscritos. O aporte médio será de R$ 200 mil. O Fundo Nacional do Idoso tinha orçamento previsto de R$ 16,47 milhões em 2018. Foram executados R$ 3,39 milhões apenas.

A lei que pela primeira vez trouxe uma lista de direitos específicos para os brasileiros com mais de 60 anos foi criada em 1994, no governo Itamar Franco. Um dos artigos determinou que cada cidade abrigaria um Conselho Municipal do Idoso, mas até hoje, quase metade das cidades continua sem ter o Conselho Municipal do Idoso. Em alguns estados, são ainda menos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Inteligência artificial em 2011

O texto abaixo escrevi para a coluna Penso, que mantive por curto período no Diário Catarinense. É de 2011. Ainda atual, acho. Nos dias 14, 15 e 16 de fevereiro, a televisão americana apresentou uma u

Comments


bottom of page